obras

    Fixação (2018)

    Carina não precisa de ajuda, só precisa de alguém que a escute. Esse é o argumento central de Fixação, um suspense que leva o fôlego do leitor ao limite. Estudante de medicina em Campinas (SP), a jovem retorna a Porto Alegre onde, ao seu jeito despojada e misteriosa, costuma caminhar, de tênis All Star, sob as copas das árvores do parque Moinhos de Vento. Até o dia em que chega ao consultório de Carlos, psiquiatra que, reabilitado de uma forte depressão, volta a clinicar. Desse relacionamento médico/paciente, que dura não mais do que quatro sessões de psiquiatria (a pedido da paciente), irrompe a atmosfera de tensão, obsessão e fixação. Ao término de cada sessão ficam suposições que levam Carlos a “investigar” a vida da paciente.

     

    Praia da Rocha (2017)

    Em 2017, Bruno Atti retornou ao cenário literário com sua segunda obra, intitulada de Praia da Rocha. Narrado em primeira pessoa, o suspense policial é marcado pelo retorno do agente federal Edson Fernandez, personagem que estreou em O Legado. Confira a sinopse. À beira de sofrer uma crise de estresse, o agente federal gaúcho Edson Fernandez é afastado temporariamente de suas funções de combate ao narcotráfico nas fronteiras brasileiras e aconselhado a tirar umas férias. A fim de não contrariar o diagnóstico psiquiátrico e de evitar mais um ataque de pânico em meio a uma ação policial, Edson então ruma a uma praia que lhe traz boas recordações de infância, a pacata Praia da Rocha. Mas será impossível relaxar a partir do momento em que ele percebe situações muito estranhas acontecendo ao seu redor. Sua intuição de detetive vai aflorar novamente, e ele não vai descansar até descobrir que coisas horrendas são aquelas.


    Compre aqui:

     

     

    O Legado do Führer (2015)

    Livro de estreia do escritor Bruno Atti, O Legado do Führer foi lançado em 2015, pelo editora O Quatrilho. O thriller, cuja trama central nasce no extinto regime nazista, transporta o leitor da Paris de 1940 para um local distante, em dias muito mais recentes: a Buenos Aires de 2012. Confira a sinopse: A protagonista é Verônica, uma paulistana que, a passeio na Capital argentina, compra um relógio em um antiquário. Sem saber, leva consigo uma peça que pertenceu a Adolf Hitler e carrega um grande mistério que irá desencadear uma aventura. Além da médica Verônica, que carrega a força e os desimpedimentos da mulher moderna, complementam a trama o agente da polícia federal Edson, um homem marcado por traumas físicos e psicológicos, e dois agentes americanos do FBI. Os antagonistas são o grupo neonazista Aryan Storm, maior organização do tipo no mundo, criada pelo autor.
     

    Compre aqui:

     

    Saraiva Online Livraria Cultura
     

Voltar